Que bom que você veio!

A criação deste blog deve-se ao fato de gostar muito de artesanato e amar muuuito os animais.A intenção é fazer parte do grupo de pessoas que vieram a esse Planeta proteger seus semelhantes peludos,penosos,cascudos, escamosos como também os irmãos folhudos e enraizados, da ira insana dos"outros" irmãos ditos racionais mas que ainda não perceberam que somos todos filhos do Universo, irmãos das Estrelas e Astros , que merecemos igual qualidade de vida enquanto estivermos aqui.Obrigada pela visita! Volte sempre e espero que quando voltar tenha motivos para lutar mais, sorrir mais e amar mais. Um grande abraço!

quarta-feira, 20 de junho de 2012

CASA ARRUMADA



Casa arrumada à moda drummondiana
Carlos Drummond de Andrade

Casa arrumada é assim:
Um lugar organizado, limpo, com espaço livre pra circulação
e uma boa entrada de luz.

Mas casa, pra mim, tem que ser casa e não um centro cirúrgico, um cenário de novela.

Tem gente que gasta muito tempo limpando, esterilizando, ajeitando os móveis, afofando as almofadas…
Não, eu prefiro viver numa casa onde eu bato o olho e percebo logo:
Aqui tem vida…

Casa com vida, pra mim, é aquela em que os livros saem das prateleiras e os enfeites brincam de trocar de lugar.

Casa com vida tem fogão gasto pelo uso,
pelo abuso das refeições fartas,
que chamam todo mundo pra mesa da cozinha.
Sofá sem mancha?
Tapete sem fio puxado?
Mesa sem marca de copo?
Tá na cara que é casa sem festa.

E se o piso não tem arranhão, é porque ali ninguém dança.
Casa com vida, pra mim, tem banheiro com vapor perfumado no meio da tarde.

Tem gaveta de entulho, daquelas que a gente guarda barbante, passaporte e vela de aniversário, tudo junto…
Casa com vida é aquela em que a gente entra
e se sente bem-vinda.

A que está sempre pronta pros amigos, filhos…
Netos, pros vizinhos…
E nos quartos, se possível, tem lençóis revirados por gente que brinca ou namora a qualquer hora do dia.

Casa com vida é aquela que a gente arruma

pra ficar com a cara da gente.
Arrume a sua casa todos os dias…

Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela…
E reconhecer nela o seu lugar.



6 comentários:

  1. Oba! Que coisa boa chegar aqui e ler Carlos!

    Tenha uma linda quinta-feira!!! Beijinhos!

    ResponderExcluir
  2. Oi querida
    Passando pra te deixar u m abraço apertadinho e cheirinho de bom dia
    Beijokas
    Gracita

    ResponderExcluir
  3. Que texto divino amore!

    É muita verdade no que diz: (...)Mas arrume de um jeito que lhe sobre tempo pra viver nela… E reconhecer nela o seu lugar.

    A gente lembra de tantas coisas, de tanta gente, mas, nunca arruma tempo para ser nós mesmas e fazer coisas que nos levam ao delírio.

    Precisamos prestar mais atenção em nós!

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  4. Adoooooooorei.
    Drummond é tudo.
    Muito aconchegante.
    Belíssimo poema.
    Bjos Vania

    ResponderExcluir